5

Ilustres desconhecidos: Simão Cirineu


Texto Base “E constrangeram um certo Simão, cireneu, pai de Alexandre e de Rufo, que por ali passava, vindo do campo, a carregar-lhe a cruz” Marcos 15.21

Comecei a estudar nesta semana de maneira intensiva a vida de Simão Cireneu. A Bíblia não menciona praticamente nada sobre este homem, e nosso trabalho será árduo na busca de informações sobre este ilustre desconhecido da Bíblia.

   Este estudo será a nova mensagem que irá compor o Seminário Ilustres Desconhecidos da Bíblia Sagrada, que tem por objetivo trazer edificação para o corpo de Cristo, focando o servir no Reino.

A estratégia que o Espírito Santo nos concedeu foi justamente abordar esta temática tendo como pano de fundo a vida e história dos personagens bíblicos que não tiveram um destaque tão acentuado nas Escrituras. Alguns deles sequer tiverem seus nomes mencionados na Palavra de Deus

Começaremos então o estudo de um personagem curioso das escrituras: Simão Cirineu. E através da vida deste homem trabalharemos o tema: “A Escolha de Deus”.

   Muitas vezes em nossa caminhada paramos para refletir e começamos a nos fazer as seguintes interrogações:

1) Como eu estou em Deus?

2) O que tenho produzido para Deus tem sido o meu melhor?

3) Será que estou no local certo, na cidade certa, no ministério certo?

Você já estas perguntas alguma vez na sua vida?

Segundo o versículo base que lemos, Simão Cireneu vinha do campo, provavelmente desenvolvendo alguma espécie de trabalho temporário no período das festividades pascais. Alguns estudiosos comentam que naquela época da festividade pascal, o número de pessoas em Jerusalém aumentava muito, necessitando assim de uma demanda maior de mão-de-obra temporária para suprir a necessidade local. Por isso, acontecia já naqueles dias, algo que é muito comum hoje em datas como 25 de Dezembro (Natal), ou seja, abertura de postos temporários de trabalho. Estes estudiosos acreditam então que Simão Cirineu estava em Jerusalém para sacrificar, e deve ter surgido um trabalho temporário no qual ele aceitou, por isso, no momento da crucificação estava retornando do serviço.

Quando se aproxima de Jerusalém ouve um alvoroço na cidade, e em meio à multidão começa a observar a crucificação.

Os soldados romanos, sempre imponentes, com suas couraças douradas e o tradicional manto vermelho, constrangeram Simão Cirineu a carregar a cruz. O termo constranger no original grego é “sunecho”, que significa segurar firme a ponto de evitar qualquer fuga. Vemos que eles obrigaram Simão a carregar a cruz.

Você já tentou se colocar no lugar de Simão no exato momento que obrigaram ele a levar a cruz?

Provavelmente ocorreu um gemido em sua alma: Porque eu?

Às vezes questionamos o agir de Deus, questionamos o lugar onde ele nos colocou. Não entendemos o jeito do Senhor trabalhar.

Você foi escolhido por Deus para estar justamente nesta empresa, nesta igreja, neste bairro, nesta cidade.

Para de reclamar deste lugar dizendo que é ambiente de incrédulos e pessoas sem compromisso com Deus.

 “Eis a oportunidade de você fazer a diferença neste lugar”

Simão poderia ter questionado o porquê da escolha de Deus. Porque Senhor, tu não me deste uma função mais “light”. Carregar a cruz é algo vergonhoso demais e muito pesado.

NÃO RETROCEDA NO SEU CHAMADO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Há uma escolha de Deus sobre tua vida!!!

Siga em frente.

Que Deus os abençoe

Pr. André Steil
Ministério Cena Joinville

5 comentários:

Daniel Cristal disse...

Notei que Cristo estava extenuado e exangue no caminho do Gólgota e como os soldados notaram a minha compaixão, obrigaram-me a carregar a cruz imposta, o que fiz com prazer inaudito.
Daniel Cristal

Anônimo disse...

Simão cirineu na verdade era filho da rainha de saba e salomão, cirineu remete a cidade romana de cirene, hoje em dia chamada etiopia. Ele estava vindo para a imolação do cordeiro no templo e entrando pela porta que dava direção de damasco encontrou com a situação em que Jesus levara a cruz......pra comprovar a imortancia, na carta de paulo aos romanos la no final o apóstolo saúda a rufo, pois como filho mais velho de simão, percebeu conforme o relato do seu pai que o sangue em suas vestes se tratava do cordeiro de Deus

Anônimo disse...

YOSSEF AKIVA

davi sowsa santos disse...

noooooooossa

Ricardo Rocha disse...

Muito bom estudo.

Postar um comentário

Comente, seu comentário é muito importante, porém antes de comentar, por favor, LEIA O ARTIGO!

Se não entende ainda sobre o que a bíblia diz sobre julgar, por favor leia os artigos abaixo!

Julgar ou não julgar?

É Pecado Julgar?

É correto julgar, expor o erro e citar nomes?

É sempre uma falta de amor criticar e julgar?

Muito obrigado!